A Fé Que Move e os Seus Resultados

Cartas aos hebreus-mExortação não é uma palavra que signifique repreensão, bronca, reprimenda. Significa uma palavra de incentivo, ânimo, encorajamento em face de um possível ou fatídico desânimo ou letargia.

“A principal função do profeta do NT era transmitir as revelações divinas de significação temporária que proclamavam à igreja o que a mesma necessitava saber e fazer em circunstâncias especiais. Sua mensagem era de edificação, exortação (gr., paraklesis) e consolação (1 Co 14.3; cf. Rm 12.8)” (O Novo Dicionário da Bíblia – J. D. Douglas; Vida Nova; verbete Dons Espirituais; item III; pg. 366)

A carta aos Hebreus declara acerca de si mesma que ela é uma exortação (Hb 13.22); exortação esta enviada a uma comunidade prestes a se perder completamente e voltar atrás devido às perseguições e problemas diversos que enfrentava. A última parte desta exortação, à partir do capítulo 11, trata justamente da fé, a força motora que fará com que os perseguidos e atribulados vençam as adversidades vividas.

Quando buscamos no capítulo 11 o início da conclusão da carta, encontramos a definição e os exemplos da fé definida neste capítulo.

“ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.” (Hb 11.1). O pastor Olyott observa que a fé de acordo com Hebreus 11 não é a prova de coisas fantásticas ou inacreditáveis mas “das coisas que se não vêem”. Não devemos firmar nossa fé em dinheiro saindo da torneira, ou milagres diversos desejados por nossa fértil e mundana imaginação, mas devemos firmá-la em coisas invisíveis que foram prometidas por Deus em Sua Palavra.

A Fé Que Resultará Em Glória a Deus Sempre – Após definir fé, o autor nos dá exemplos de fé e começa isso lembrando dois exemplos, a saber, Abel e Enoque. Estes dois personagens são os dois exemplos de fé genuína mas que cujos caminhos não poderiam levar a extremos mais opostos.

Abel pela fé ofereceu mais excelente sacrifício e o texto relata que “depois de morto, ainda fala” (v. 4); pela fé Enoque foi transladado “para não ver a morte” (v. 5). O autor cita os mais diversos e opostos exemplos de fé para mostrar que a fé será exercida em qualquer situação.

A fé de Abel foi testemunhada por Deus como agradável e legítima, contudo esta fé sendo genuína e tendo este testemunho do próprio Deus levou Abel à morte. Por outro lado a fé de Enoque o levou ao extremo oposto pois foi transladado para “NÃO VER A MORTE”.

No capítulo 11 de Hebreus, o crente encontrará uma definição de fé diferente da que está acostumado a ouvir no tele-evangelismo e em pregações contemporâneas. A fé pregada dos púlpitos e da TV é uma fé que moverá a Deus quanto maior ela for. A morte de Abel ou a Transladação de Enoque, ambas são fruto de uma fé que glorifica a Deus.

A Fé que Move O Homem – Fora da Bíblia, o ensino comum é de que se há um problema, uma perseguição, uma necessidade…, então devemos por em ação a NOSSA fé para ATIVAR a providência e ação de Deus. A NOSSA fé move a Deus é o que os pregadores ensinam, mas a fé exposta em Hebreus 11 é uma fé que move o homem!

Não encontraremos a fé de ninguém em todo o capítulo 11 movendo Deus a fazer nada mas sempre levando os homens lembrados como exemplo lá, fazendo por causa da fé. Abel ao invés de usar a sua fé e esperar Deus derramar coisas do Céu à ele, pelo contrario oferece a Deus! Isso é fantástico! A fé não moverá a Deus mas moverá aquele que tem fé. Abraão pela fé ofereceu Isaque!

A Fé e as Obras na Vida de Noé – Por hora terminaremos aqui com o exemplo de Noé. Pela fé Noé agiu, construiu uma arca e se salvou com sua família. Sua fé não o poderia salvar caso ele a usasse e ao invés de agir fosse se deitar confiando em Deus. Noé não foi salvo pela arca; Noé foi salvo pela fé que o levou a construir uma arca, e isso faz toda a diferença! Hoje pessoas estão usando a fé como se ela fosse uma boa obra que salvasse. Somos salvos unicamente pela Graça!

É absolutamente certo que as obras não salvam mas sem boas obras ninguém entrará no Céu pois elas evidenciam a fé do salvo. Um homem é salvo pela Graça mediante a fé e ponto final. A fé porém que não produz mudança, reforma, nova vida, novo nascimento e boas obras é morta e somente pode conceder morte ao que a possui.

Conclusão – A fé conduzirá o filho de Deus por caminhos aplainados e limpos e belos ou o levará a estradas cheias de espinhos, tenebrosas. A fé levará o homem à perseguição e morte pela mão de seus próprios irmãos ou o levará a transfiguração e arrebatamento nesta terra quando da volta de Jesus. Não importa por onde andaremos, importa sabermos que onde quer que estejamos (no fogo ou na água – em pé ou caídos) “Sem fé é impossível agradar a Deus” (Hebreus 11.6).

Por: Alexandre Ramos de Souza – Pb. da COCEBE

Anúncios

Faça seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s